GonçalvesTeodoroAdvogados_img12

Importância da Due Diligence em um processo de venda de empresa

Due Diligence ou Diligência é um processo imprescindível e importante de revisão das informações fornecidas por uma empresa que esta em processo de venda, pelo possível comprador antes de efetivar a compra com o objetivo de validar e/ou confirmar os dados financeiros, as receitas e despesas, contratos com clientes e fornecedores e demais pontos relevantes do negócio.

A diligência para fins de compra, fusão ou aquisição de uma empresa é um trabalho minucioso e requer equipes com diversas especialidades no momento da auditoria. Profissionais com práticas contábeis, fiscais, de natureza trabalhista, financeira, econômica e mercadológicas são fundamentais para uma diligência completa.

Mesmo para empresas ou negócios “pequenos”, é de suma importância a realização de um levantamento nos moldes de uma due diligence para garantir que esteja comprando um negócio viável. Logicamente que a dimensão do trabalho será menor, e também os custos desta atividade.

Após um prévio acordo comercial e uma carta de intenção de oferta/compra (Letter of Intention – LOI) assinada e aceita por ambas as partes, o Vendedor autoriza a diligência operacional, que consiste em uma visita às instalações da organização pelos gestores ou auditores do potencial comprador, cujo foco principal é buscar um melhor entendimento das operações em linhas gerais.

Nestas visitas, os auditores buscam identificar necessidade de melhorias no processo, levantamento de possíveis passivos, como: trabalhistas, tributários, fiscais e bancários não identificados no processo da venda, até mesmo validade de licenças ambientais, licenças de funcionamento, alvará sanitário, dependendo da espécie do negócio.

Os tipos de Due Diligence mais utilizados:

(1) Contábil

(2) Financeira;

(3) Tributária;

(4) Meio-ambiente;

(5) IT;

(5)Trabalhista;

(6) Legal;

(7) Jurídica;

Após a conclusão da equipe de auditores independentes envolvidos no processo de Due Diligence, e o fornecimento de um relatório com todas as notas explicativas, caminhasse para análise final do comprador da empresa.

Por ultimo, não menos importante, o vendedor, deve-se preparar para desligar da operação e das pessoas envolvidas, no período em que foi o proprietário, além de se dispor ao máximo em atender todo e qualquer informativo solicitado pelos auditores do comprador da empresa.

Economia

Moedas e Câmbio